Como serei quando crescer…

Há uns dias atrás, uma amiga me veio perguntando se eu cumpri com a expectativa de vida de quando eu era criança.

Ela comentou que seus sonhos foram frustrados, aquilo que ela pensava que teria agora, ela não conquistou.

Talvez quando somos crianças, nós sejamos muito ingênuos? A realidade é completamente diferente do que pensamos quando somos crianças? Será que isso é só quando somos crianças? Seria melhor, então, não ter sonhos, para que nossos sonhos não sejam frustrados, já que não o temos mesmo?

Sonhos, expectativas, desejos, planos…

Penso que tudo isso é sim necessário, são nossas esperanças, nossas metas. Realmente quando não os conquistamos, ficamos frustrados, porém se não temos planos nenhum, se vivemos sem nenhum propósito, para que vivemos? Qual o sentido de viver?

Talvez seu sonho seja ganhar muito dinheiro e ser rico, ou talvez se casar e formar uma família, passar no vestibular, trabalhar e ganhar o suficiente para viver bem e confortavelmente, ser popular, ser famosa?

Temos muitos desses e muitos outros sonhos, mas e depois que se conquista ou quando tal sonho é impossível? Você se frustra ou se alegra, persiste em alcançá-lo ou já inventa outro sonho?

Mas e depois de morrermos, de que adiantará tudo isso?

Continua…

~ por walkingbytheway em março 16, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: